TMBT

Introdução:

A turnê The Monster Ball foi criada após o cancelamento da The Fame Kills Tour, que seria uma parceria entre Lady Gaga e Kanye West. A primeira versão da turnê foi formulada pela Haus of Gaga, e antes de ser lançada, Gaga prometeu que a turnê ia ser algo nunca visto: Uma ópera pop. Um show com a arte e os elementos da ópera, porém com música pop. A turnê estreou em Novembro de 2009, e as promessas não foram cumpridas. O show era bom, mas não era tão bom quanto o prometido. Ainda não extraía o máximo da criatividade que Gaga tem, e como tem...

Então Gaga aos poucos foi mudando pequenas detalhes, em partes da turnê, como roupas, perucas, a estrutura de algumas performances (a de Paparazzi, por exemplo, foi modificada diversas vezes). Até que um dia Gaga teve a brilhante ideia de reformular a turnê. Jogou tudo fora, o palco, os figurinos, tudo no lixo, e recomeçou do zero, uma nova turnê, uma nova Monster Ball, e essa sim, pode ser chamada de, no mínimo, épica.


Palco:

A nova fase da Monster Ball, como dito anteriormente, mudou completamente. Nada permaneceu igual. Perucas, performances, figurino, setlist... E principalmente o palco! Agora o show tem capacidade para grandes arenas, com capadidade para mais de 10000 pessoas (e o show continua lotando mesmo assim), então foi mais que obrigatório um novo palco, incomparavelmente maior que o da primeira fase. Um palco em que cada música apresentada dê prioridade a uma parte da arena, para que todos tenham uma boa visão do palco, além dos dois telões encontrados nas laterais do palco, para que os que estão longe dele possam assistir o show.
 


Explicação Completa do Show

Introdução:


O show é inspirado no filme musical 'O Mágico de Oz', e é, basicamente, a história de Gaga e seus amigos indo à Monster Ball, que é um lugar que vai libertá-los, deixá-los feliz e acabar com todas as suas inseguranças. Até eles conseguirem chegar na Monster Ball, a história vai se desenrolando, Gaga canta, dança e passa por apuros com seus amigos, nos 4 atos do show: City, Subway, Central Park e Monster Ball.

City:

As apresentações de abertura acabam, a arena fica em silêncio. Uma cortina branca envolve o palco, todos aguardam ansiosos para o show começar. No meio de tanto silêncio, ouve-se o famoso "Djarara, dja dja" da canção Dance In The Dark. Na cortina o vídeo de introdução é mostrado, o "Jump Interlude", onde Gaga tem a face estapeada, pula, fica se movimentando ao som de um remix de Dance In The Dark com Finally, quando finalmente a contagem regressiva começa. 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1. As luzes acendem e pela cortina vemos a sombra da Gaga cantando e se movendo pouco, em algumas partes da música, em sincronia com as batidas. Quando a música chega quase no fim, os dançarinos de Lady Gaga perguntam uns aos outros se estão prontos para irem à Monster Ball, e todos afirmam que sim. Então a música continua: "Marilyn, Judy, Sylvia" e enquanto isso a cortina vai se abrindo e vemos a Gaga em si, não mais apenas sua sombra. 

 
 

Depois de performar Dance In The Dark, os dançarinos e as backing vocals (os amigos da Gaga) reparam que o carro quebrou, e que eles nunca chegarão na Monster Ball. Gaga os interrompe dizendo que eles vão, e que ela os levará lá. A música Glitter And Greasecomeça, Gaga desce as escadas com siringas gigantes cheias de sangue, dançando e cantando, até chegar em volta do carro verde, que tem cruzes que respresentam a era 'Monster', e 'Gaga' escrito na placa.
Após performar Glitter And Grease, Gaga tira a jaqueta e abre o capô do carro, e dentro dele há um teclado sintetizador, onde ela toca uma música serena e suave, até que Just Dance começa a tocar, ela tira os óculos, canta e dança com sua maravilhosa presença de palco. 
Depois de cantar Just Dance, um dançarino põe um chapéu em sua cabeça, e Gaga cantaBeautiful, Dirty, Rich, subindo em algo que parece aqueles brinquedos de parques infantis, onde as crianças sobem pelos buracos quadrados, sendo que esse tem o estilo Gaga, ele tem uma luz neon, e nele a Gaga agarra partes íntimas de um dançarino.
Logo após, há um diálogo entre Lady Gaga e seu dançarino Posh, que explica o que é a Monster Ball:

- Então, Gaga... Me diga, do que se trata a Monster Ball?
- Bem, Posh, a Monster Ball vai libertá-los, Little Monsters!!!!
- Então eu posso ser quem ou o que eu quiser? Livre?
- Sim, hoje em Prague seremos super-livres, Little Monsters!!!! E a melhor coisa sobre a Monster Ball é que eu a criei para que meus fãs tenham um lugar para ir. Um lugar onde todas as aberrações estão do lado de fora. E eu tranquei a porra das portas!!!!! Não importa quem você é, ou de onde você vem,ou quanto dinheiro você tem no seu bolso, porque essa noite, e todas as noites depois dessa, vocês poderão ser quem vocês quiserem, Little Monsters!!!! E para chegar à Monster Ball, para encontrar a inocência da fama, tudo que você precisa fazer é seguir o caminho de glitter.


 

O caminho de glitter aparece no chão do palco, e Gaga vai trocar de roupa enquanto uma música de Interlude toca e seus dançarinos fazem sua coreografia. Alguns minutos depois Gaga volta por uma plataforma, ela sai do chão, com o instrumento criado pela Haus Of Gaga, o Emma, e uma roupa vermelha que praticamente a "engole". Gaga pergunta à audiência se eles a amam, e diz que ama todos eles, que quer ser uma estrela, e mandam fotografá-la, cantando The Fame
 
 
Este é o fim do primeiro ato. Gaga sai do palco, a cortina o envolve novamente, e começa a The Exorcist Interlude, também conhecida como "Puke And Blood", "Vomit Interlude" e infinitos outros nomes. Gaga é encorajada por seu amigo Nick Knight a comer um coração bovino, e isso deu início ao vídeo. Gaga aparece com vestes brancas e uma expressão deprimida e sombria, uma mulher (que faz performances com vômito colorido) vomita nela, e ela come um coração, representando assim o exorcismo de todos os seus medos. A Gaga antiga vomitando todos os seus medos, suas inseguranças, principalmente em relação à morte de seu pai, para uma Gaga atual, renovada e segura.

 

A cortina se abre novamente, Gaga canta Lovegame saindo de um metrô, com uma roupa de freira transparente e uma garra branca. Quando a música acaba, ela pega o seu famoso Disco Stick, na versão da Monster Ball, que é muito maior e mais grosso, e a luz é diferente, tem tanto a luz antiga de iluminar como uma de várias 'bolinhas' que ficam girando em torno do Disco Stick. O remix de Lovegame com o Marilyn Manson começa, e ela grita: "Bem-vindos à Monster Ball, agora dancem seus putos!!!", e faz piadinhas sobre os boatos de seu hermafroditismo: "Eu não sei se vocês ouviram dizer, mas eu tenha uma bela e enorme pica! Então vamos lá, botem seus paus pra fora, porque eu ouvi dizer que há muitas picas grandes aqui em Zurich!". O remix acaba e ela faz mais um discurso. Na minha opinião, o mais emocionante do show... (Eu peguei o de Zurich, mas em todo lugar o discurso é basicamente o mesmo).

"Meu nome é LADY GAGA!!! E Bem-Vindos à Monster Ball. Eu não costumava ser corajosa. Na verdade, eu não era nem um pouco corajosa. Mas vocês me fizeram corajosa, Little Monsters. Então agora eu vou ser corajosa por vocês. Essa noite eu quero que você abandone todas as suas inseguranças. Eu quero que você rejeite qualquer pessoa, ou qualquer coisa que já te fez sentir como se você não se encaixasse, ou que você não é bom o suficiente, ou criativo o suficiente, ou não é bonito o suficiente, magro o suficiente, ou talentoso o suficiente, ou que você não pode dançar bem o suficiente, ou cantar bem o suficiente, ou compor bem o suficiente, ou que você nunca será uma estrela. Lembre-se que você é uma puta super estrela! E você nasceu assim! Deixe essa noite ser sua libertação. E quando você sair daqui, não saia me amando mais. Saia amando mais a si mesmo! Eu amo tanto vocês, vocês significam tudo pra mim..."


 

Então Lady Gaga faz mais um pequeno discurso, após iluminar a audiência com o Disco Stick e elogiar suas roupas. Nele ela explica que está perdida e vai pedir ajuda para seus amigos de Zurich.

"Eu não sei o que vou fazer... Eu contei aos meus amigos sobre a Monster Ball. Eu lhes disse que a Monster Ball iria libertá-los. Então fomos ao meu carro, mas meu carro quebrou. Então pegamos um metrô, que sempre me leva onde tenho que ir, mas esse metrô nos deixou em um lugar muito estranho. E eu não faço a mínima ideia de onde estamos! Vocês acham que eu poderia chamar meus amigos pra me ajudar? Vocês sabem, os meus amigos mais profundos e leais... Meus meninos de Zürich... Garotos e garotas, celebrem seu orgulho gay!"

Depois disso ela canta Boys Boys Boys, e no fim da música deixa o palco para trocar de roupa, enquanto suas backing vocals continuam cantando.


Gaga volta ao palco em mais uma plataforma, com uma keytar, um vestido preto e máscara preta. Ela toca a keytar berrando que odeia dinheiro, que é a pior coisa que tem, e que ele não pode tirar dela a pessoa que ela ama. Então dá início à canção Money Honey, bradando: "Eu não quero seu dinheiro!!! Eu quero sua alma!!!"

  

Depois de cantar Money Honey, Gaga pega vários presentes que fãs jogam no palco, conversa com eles, agradece, destrói bonecos, e depois disso canta Telephone. Quando a música acaba, Jesus toca guitarra, e enquanto isso Gaga volta ao palco em mais uma plataforma, deitada no piano, que sai lentamente do chão. No piano ela também conversa com os fãs, espontaneamente, sem nenhum discurso gravado, e canta You And I eSpeechless com o piano em chamas.


  

Depois de cantar You And I, Gaga anda pelo caminho de gliter com o anjo que toca harpa, fazendo mais um discurso:

"Enquanto meus amigos e eu viajávamos mais e mais além pelo caminho de glitter, encontramos um anjo mágico, com uma linda harpa preta. Ela disse que precisa apenas tocar uma música, para nos deixar cada vez mais perto da Monster Ball. O que é aquilo lá no alto do céu? Você está vendo? Aquilo é um arco-íris? É um unicórnio? Não, não pode ser... Little Monsters, é um tornado!!!"

Então Gaga é 'engolida' por uma circunferência gigante, que acende várias luzes, com efeitos futuristas, e uma música parecida com uma orquestra eletrônica. Quando a circunferência sobe novamente, Gaga está vestida com a (na minha opinião) melhor roupa que ela já usou, o vestido vivo, que se mexe sozinho, e canta So Happy I Could Die. Em uma parte da performance ela ergue as asas da roupa, e a plataforma mais alta do show nos dá impressão de que ela voou até lá. Essa performance é mágica, e muito linda. Depois de cantar So Happy I Could Die ela faz mais um mini-discurso, e a Put Your Paws Up Interlude começa:

"Ah, não. O tornado nos deixou nesse lugar muito estranho... Um lugar profundo, sombrio e cruel. Eu também te amo*. O lugar mais profundo e sombrio do Central Park. Ponham suas patas para o alto!"


Central Park:

Depois da Paws Up Interlude, Gaga retorna ao palco com a roupa mais bizarra do show. Parece uma fantasia da Parmalat de daqui a alguns séculos [ou não]. Enfim, a roupa é toda feita de cabelo, e Gaga canta Monster com ela. Conforme ela vai cantando e dançando, ela vai tirando mais partes da roupa, que vai ficando cada vez menos peluda, até que perto do fim da música, seus dançarinos a levantam, a cercam e nós não vemos mais a Gaga por alguns segundos, ela literalmente some! Quando todos os dançarinos saem de perto dela, não a vemos, e eis que de repente ela dá um salto de um buraco cheio de fumaça de uma plataforma do chão, com um maiô preto, e com o peito coberto de sangue falso terminando a música nos versos "Could I love him?". A música acaba e Gaga conversa mais uma vez com seus fãs:


"Vocês me acham sexy? Eu acho vocês sexy. Eu não era muito maneira (popular) no Ensino Médio... Bem, eu ainda não sou, mas eu não era nem um pouco no Ensino Médio. Todas as outras pessoas diziam isso, e isso me deprimia. Desde então eu acho que sou obcecada por inseguranças e bullying, como uma garota mais velha. Porque eu fui tão afetada por isso quando era criança e então eu comecei a ver quem meus fãs eram. Então todas as coisas que vocês me contaram como 'Meu pai não entende que sou gay' ou 'Não me sinto magro o suficiente quando vou à escola' ou 'Eu tenho problemas com meus pais' ou 'Meus colegas ameaçam me bater depois da aula'... Tem tantas coisas que eu poderia falar, mas de qualquer forma, vocês realmente me tocam com suas histórias, mas que vocês saibam que um dia vão ter seu momento de brilhar e vão ter uma restituição para todas essas coisas que os fizeram sentir tão pequenos no passado, porque Buylling não me afeta mais agora. No fim do dia, é o seu bom coração, seu coração puro, tudo que importa."

Gaga para um pouco, observa seus fãs e continua o discurso:

"Sabem, eu meio que gosto da Tinkerbell. Você sabe, a Tinkerbell morre se você não bater palmas para ela.* Alguém aqui sabe o que eu odeio quase tanto quanto dinheiro? Eu odeio a verdade. Na verdade, eu a odeio tanto que prefiro uma dose gigante de conversas fiadas de merda, à verdade. Então, Little Monsters...** Como se diz 'Eu te amo' em sueco? Obrigada, eu também amo vocês... Então... Me mostre seus dentes."

E começa a música Teeth.

* = A arena aplaude a Gaga e grita estrondosamente.
** = Ela para com um lindo sorriso espontâneo olhando seus fãs e depois de uns segundos volta a falar com eles.

Depois da música Teeth ser performada, ela faz um discurso um tanto quanto polêmico. 

"Dizem que Jesus* ama somente um tipo de pessoa, com somente uma forma de agir ou somente uma orientação sexual. Mas eu tenho certeza que Jesus amo todos, e ele me ama. Michael** é da Alemanha. Eu gosto de Michael porque Michael gosta de garotas americanas. Eu também gosto de Michael, porque ele também gosta de garotos americanos. Viram? Assim como Jesus, Michael ama todos. COMO VOCÊ PODE SER TÃO DESRESPEITOSO????!!!! JESUS, ME MOSTRE SEUS DENTES!!!". Depois Gaga canta um trecho de Teeth exclusivo da Monster Ball. "I don't care who you are, or what you believe, all I care about is how feel about me, show me your teeth".

Uma outra música parecida com música de orquestra começa a tocar, e uma luz ilumina a estátua-fonte de anjo que jorra sangue. Gaga diz para seus fãs que aquela é a fonte eterna, a única fonte no mundo que sangra por eles, porque a religião dela são eles, os little monsters. E performa Alejandro, que termina com dois dançarinos se beijando e a estátua soltando chamas pelas asas.

* = O nome do guitarrista da Gaga é Jesus, e ela faz ama fazer esses trocadilhos.
** = Dançarino que fica em pé na frente da Gaga.

  
  

A Manifesto Of Little Monsters Interlude é tocada enquanto Gaga troca de roupa. Uma interlude obscura, com uma mensagem difícil de se entender, mas se entendida, bela, sobre a forma que ela evolui, baseada em nós:
"Este é o Manifesto dos Little Monsters. Há algo heróico sobre o jeito que meus fãs operam suas câmeras: tão precisamente, tão obscuramente, e tão orgulhosamente. Como reais escrevendo a história de seu povo. É a sua natureza produtiva que tanto cria quanto alcança o que tardiamente será visto como um reino. Então, a verdade sobre os fãs de Lady GaGa - os meus little monsters - está nessa frase: Eles são os reis, eles são as rainhas. Eles escrevem a história do reino, e eu sou derivada de um gesto de devoção. Está na teoria de percepção que nós estabelecemos nosso laço, ou a mentira, eu deveria dizer, pela qual nós matamos. Nós não somos nada sem a nossa imagem, sem a nossa projeção, sem o holograma espiritual pelo o qual mostramos como queremos ser vistos, ou quem preferimos ser no futuro. Quando você estiver sozinho, eu também estarei sozina, e isso é a fama. Amor e arte. 18/12/1974. Lady GaGa."

A mensagem que Gaga passa por essa interlude é que ela sofre transformações, sendo o que nós queremos que ela seja. A teoria da percepção diz que quando observamos um objeto, ele muda. E Gaga quis dizer isso, que quando nos a observarmos, e lançarmos nossas energias sobre ela, ela virará o que nós vemos, quando a observamos. É um pouco confuso mas espero que tenha conseguido explicar. E quanto à data, eu acredito que seja o dia em que sua tia Joanne morreu, há um tempo atrás eu fiz uma pesquisa com uns membros e todos nós chegamos a essa conclusão.


   


O Manifesto acaba e ouve-se um solo de violino. Quando o solo acaba começa Poker Face, que Gaga canta com uma roupa preta cheia de correntes, também segurando uma corrente, que ela usa para prender um dançarino quando monta nele. Depois de performar Poker Face começa a The City Interlude, tamém conhecida como Smoking Interlude e Apocalyptic Interlude. O vídeo mostra uma cidade destruída pelo Apocalipse sendo reconstruída, com a Gaga em cima dela e muitos efeitos visuais, como o rosto da Gaga se desfazendo e virando os prédios. O vídeo acaba com a Gaga fumando, ao som de 'Girls', da banda Style of Eye.

Monster Ball:

Após a interlude acabar, Gaga se encontra com seus amigos (dançarino e backing vocal) Posh e Bang Bang em um lugar escuro. Seus amigos dizem que a amam, mas que dessa vez ela foi longe demais, e a abandonam. Gaga grita de desespero, chora, diz que a Monster Ball está muito próxima, mas mesmo assim eles se vão. Um tamboril gigante é iluminado no palco, e ela grita "Não!!! É o monstro!! O monstro da fama!!!" e performa Paparazzi, com o monstro a envolvendo em suas patas, e tirando aos poucos sua roupa, enquanto Gaga pede ajuda aos fãs, pedindo que eles fotografem esse momento pra ajudá-la, e grita: "Não me estupre, seu monstro malvado. Só me coma, seu filho da puta!". Gaga desce por uma plataforma, e volta com o famoso sutiã que solta fogo, e também com uma calcinha que solta fogos, derrota o monstro e grita para seus little monsters que juntos eles podem fazer qualquer coisa e dominar o mundo. Ela se despede como se o show tivesse acabado, mas ele ainda não acabou...

Uma música meio 'de guerra' começa a tocar, e a cortina sobe. Gaga está dentro de uma órbita, com uma roupa feita de espelhos e um sapato de salto gigante do mesmo material. Ela canta o início de Bad Romance acapella e a música começa a tocar. Então Gaga diz:

"Conseguimos, little monsters! Chegamos na Monster Ball! Vocês estão bêbados? Tiveram o momento da sua vida? Vocês se sentem livres? Então dancem!". 

Uma performance realmente digna, dela já na Monster Ball, o lugar onde todos os monstros se encontram e se sentem a vontade. Depois disso o show acaba e Gaga se despede dos fãs, com um gesto de reverência, de mãos dadas com seus dançarinos, e mostrando os dentes com a monster claw pro alto.
 
© Open GaGa | Designed by Thailand Hotels, in collaboration with Tech Updates, Webdesign Erstellen and Premium Wordpress Themes